quinta-feira, 26 de agosto de 2010

RESENHA LITERÁRIA DE CONTO DE ESCOLA DE MACHADO DE ASSIS

Professor Rubens Moraes de Souza



Literaturas de Língua Portuguesa II

Neuzi Toledo


O personagem principal Pilar, está dividido entre a Escola e o tempo que acredita estar perdendo dentro dela. Mas com medo dos castigos que seu pai lhe aplica com vara de marmelo, resolve ficar na escola.



Na escola, recebe do colega Raimundo, filho do mestre, uma proposta: trocar uma explicação por uma moeda de prata. Outro aluno, Curvelo, vai ao mestre e delete os colegas. O severo professor, Policarpo, castiga os meninos, batendo neles com a palmatória. Pilar promete vingar-se, mas Curvelo foge com medo. No dia seguinte, após sonhar com a moeda, Pilar sai com a intenção de procurá-la, já que o mestre, antes da punição a havia atirado na rua. Procurando pela moeda, Pilar se sente atraído por um batalhão de fuzileiros. Acompanha-o e depois retorna para casa sem moeda e sem ressentimentos.


Adulto, Pilar, relembrando esses fatos, salienta que Raimundo e Curvelo foram os primeiros a lhe mostrar a existência da corrupção e da entrega ao professor.


Vi por meio do conto o problema da relação entre o professor e os alunos, muito comum no passado e também nos dias de hoje e também o tipo de formação formal existente.


Pilar tem sua lição de vida, recebe castigo por seu erro e isso o leva a reflexão e ao arrependimento, mas deixa claro que cada um tem seu preço, que o ser humano sempre acaba se vendendo.

26/08/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário